mulher a beijar homem

O teu primeiro beijo francês

De repente, chegou o momento. O teu amor olha-te nos olhos, as vossas mãos tocam-se e surge o primeiro beijo. O nervoso miudinho ataca e tudo parece bater certo convosco. Vamos dar-te algumas dicas úteis sobre como beijar e instruções para saberes dar um beijo francês na perfeição.

Beijos íntimos entre apaixonados

Já o deves ter visto num filme romântico ou entre amigos teus na escola: o beijo francês. Esta forma de beijo apaixonado e gentil é provavelmente uma das mais belas provas de amor, porque expressa amor e carinho. No beijo francês, a língua do teu parceiro é lentamente tocada e massajada com a tua. O chamado beijo francês é mais íntimo do que o beijo normal e o melhor local para um beijo tão íntimo deve ser um espaço tranquilo, onde te sintas bem.

Dicas para o beijo francês: Como se processa

Mas a que deves dar atenção para tornar o teu beijo francês inesquecível? Será possível aprender a dar o beijo francês ideal? Organizámos umas instruções passo a passo para tornares o teu beijo francês perfeito:

beijo francês entre apaixonados

homem a beijar mulher

antes do beijo

1A preparação

O primeiro passo a dar antes do beijo é aproximares-te bastante do teu parceiro. Inclina-te sobre ele e olha-o profundamente nos olhos. Saberás de imediato quando o teu amor estiver pronto para o primeiro beijo francês. Se ele for muito tímido, poderás perguntar-lhe com todo o teu charme: “Queria muito beijar-te… Posso?"

2O momento que antecede o beijo

Quando quiseres iniciar o beijo, move os teus lábios em direção aos dele. Evita ter o rosto firme ou tenso, mesmo que estejas com os nervos à flor da pele. Só com os lábios relaxados é que os consegues juntar para dar início ao beijo. Mantenham as cabeças de lado para que os vossos narizes não atrapalhem.

3Durante o beijo

Abre a boca ligeiramente e, devagar, faz avançar a tua língua. Se for agradável, podes brincar um pouco com a língua dele e massajá-la. Ainda assim, evita pressionares demasiado os teus lábios contra os dele. Existe uma regra de ouro no beijo francês: muita saliva não é bom e pode tornar-se rapidamente desconfortável para o teu parceiro. Da mesma forma, não deves inserir a língua muito profundamente na sua boca durante o beijo. Neste tipo de beijo aplica-se o mote de que menos é mais. De qualquer forma, rapidamente te aperceberás se o teu parceiro gosta de beijar suavemente ou se é um pouco mais atrevido.

4Para complementar o beijo

Durante o beijo, podes tocar-lhe no braço ou na cintura. Explora o corpo do teu parceiro e troca carícias com ele. Um beijo no pescoço também pode ser muito agradável e aliviar o nervosismo. O beijo francês mais bonito é dado de olhos fechados. Porque, nesse momento, os teus outros sentidos, como o do tato, intensificam-se, permitindo-te desfrutares do beijo de forma mais profunda e focares-te completamente na tua técnica para beijar. Se te atreveres, podes sugar e mordiscar os lábios do teu amor durante o beijo. Isso contribui para sentires um formigueiro na barriga, ajudando a que se descubram um pouco mais.


Aspetos a evitar

Uma boa preparação é meio caminho andado para dar um bom beijo. Isto porque no beijo francês, a proximidade entre ambos é maior do que nunca. Como tal, é importante certificares-te de que está tudo bem e que ele se sente confortável. Eis cinco aspetos que podem levar a perder o interesse e que devem ser evitados:
mulher a lavar os dentes

  • Mau hálito: Faz um teste ao odor antes do encontro soprando o teu hálito para as tuas mãos em forma de concha ou pergunta à tua mãe se tens mau hálito, caso não tenhas a certeza. Uma boa higiene oral é fundamental para tornar o beijo agradável e isso inclui escovar os dentes, usar elixir oral e mastigar uma pastilha. Deves ter sempre pastilhas ou rebuçados de mentol de emergência no bolso e utilizá-los após a refeição se forem a um restaurante, especialmente se o teu prato tiver cebola e alho.
  • Demasiada língua: Já o referimos anteriormente nas nossas dicas, mas existem duas coisas que são famosas por serem mais agradáveis. No beijo francês aplica-se o lema: menos é mais. Não queiras “desentupir gargantas” (que significa dar um beijo mais intenso em que a língua é enfiada profundamente na boca) e procede antes lentamente. Se o teu parceiro gostar de algo mais atrevido, irá demonstrá-lo.
  • Restos de comida: Um pedaço de cebolinho preso nos dentes não contribui de todo para um bom beijo. Deves ter oportunidade de te saboreares e de saborear o teu parceiro, e não a tua última refeição. Este aspeto nem será digno de referência se tiveres seguido a nossa primeira dica.

Que batom devo usar

Ninguém gosta de ficar com batom nos lábios depois de beijar e um gloss é muitas vezes pegajoso, tornando-se desconfortável. Os teus lábios podem ficar rosados ou com um toque de brilho mesmo sem batom. Estimula simplesmente a circulação sanguínea nos lábios com um peeling antes do encontro ou usa um bálsamo labial como o Labello Original ou o Labello Exfoliante Hidratante. Assim, os teus lábios ficarão particularmente macios quando beijares. Se ainda assim quiseres usar um tom suave, recomendamos o Labello Crayon Nude ou o Labello Soft Rosé.

homem a beijar mulher


Beijos franceses famosos no cinema

Ainda te lembras do apaixonado beijo francês trocado entre o Ryan Gosling (Noah) e a Rachel McAdams (Allie) no filme “O Diário da Nossa Paixão”? Após anos de separação, os apaixonados beijam-se no barco debaixo de uma chuva torrencial. Simplesmente inesquecível! Existem tantos filmes em que poderás encontrar inspiração. Cenas com beijos franceses que se tornaram memoráveis:
beijo francês entre atores

  • O Segredo de Brokeback Mountain (2005): Quando o Heath Ledger (Ennis del Mar) beija o Jake Gyllenhaal (Jack Twist) na cena dramática à porta de casa, todos nós perdemos o fôlego. Muitas cenas de paixão foram galardoadas nos MTV Movie Awards 2006. O beijo francês foi consagrado o “melhor beijo”. E com toda a razão, julgamos nós.
  • Chocolate (2000): Numa cena emotiva, o Johnny Depp (Roux) deita-se com a Juliette Binoche (Vianne Rocher) e beija-a apaixonadamente para demonstrar o seu amor por ela. Arrepiante!
  • Dias de Tempestade (1990): O Tom Cruise (Cole Trickle) e a Nicole Kidman (Claire Lewicki) juntos no quarto – um clássico!
  • Crepúsculo (2009): Milhões de pessoas esperavam ansiosamente por saber como é que a Kristen Stewart (Bella) e o Robert Pattinson (Edward) dariam o primeiro beijo entre um vampiro e uma jovem adolescente. Resposta: com imensa emoção e arrepios na espinha. Essa também foi a opinião do júri dos MTV Movie Awards 2009, que premiou a cena do filme como o melhor beijo.
    Estranhas Ligações (1999): Quem não conhece a cena do beijo? A Sarah Michelle Gellar (Kathryn Merteuil) ensina a Selma Blair (Cecile Caldwell) a dar um beijo francês no parque. Esse beijo foi educativo e emocionante ao mesmo tempo!



Dia internacional do beijo

O Dia Internacional do Beijo é celebrado a 6 de julho. A informação relativa ao fundador do dia é tão incerta quanto o motivo concreto que levou as pessoas a quererem beijar-se. Porém, está provado que os humanos procuram o contacto da boca, pois existem muitas terminações nervosas em torno da mesma bem como outros termorrecetores que são responsáveis por produzirem uma sensação de calor. Esses recetores são a razão pela qual um beijo provoca sensações emocionais particularmente profundas em nós, humanos. Consulta o nosso artigo "A cultura do beijo" e lê sobre a empolgante tradição do beijo em todo o mundo.
Com as nossas dicas e truques, o teu primeiro beijo francês será inesquecível. Nada de nervos. O importante é aproveitar este momento ao máximo e entregares-te ao teu parceiro escolhido. Vais ver: vais deixá-lo completamente encantado com a tua técnica adquirida.

A data de nascimento do beijo é tão antiga quanto a própria história da humanidade. Os nossos antepassados, que ainda não andavam eretos, cheiravam as nádegas uns dos outros e, se necessário, lambiam-nas. Com a evolução do homem para a marcha ereta, o beijo também evoluiu de baixo para cima, pelo menos é o que afirma a ciência. Mas, infelizmente, ainda não foi provado cientificamente se o beijo francês pode realmente ser associado à passagem para a marcha ereta. Mas o facto permanece que inúmeras hormonas da felicidade são expelidas do corpo durante o beijo e que beijar é particularmente benéfico para a saúde. No entanto, o motivo pelo qual se começou a usar a língua para beijar não é claro.

beijo francês